23 de janeiro de 2019

Família faz campanha para adquirir cadeira de rodas para o gigante Ninão



O gigante Ninão segue internado no Hospital Universitário, em Campina Grande, com uma osteomielite no pé direito. Nos últimos meses a situação de saúde de Ninão da cidade de Assunção se agravou. O gigante que mede 2,37m e pesa cerca de 200kg, passa por complicações em um de seus pés, impossibilitando-o de andar.

A família de Ninão pede ajuda para conseguir uma cadeira de rodas que se adeque à sua estrutura física e um par de muletas para que ele possa se locomover.

Até o momento, a família não conseguiu contato com nenhuma empresa que se habilite em construir os equipamentos. Ninão segue internado no Hospital Universitário de Campina Grande na tentativa de se recuperar de um procedimento realizado em um de seus pés.

A família aguarda a posição de empresários ou de qualquer pessoa que possa doar uma cadeira de rodas adaptada. Quem quiser ajudar basta entrar em contato com o Hospital Universitário de Campina Grande.

Recentemente Ninão ganhou uma ajuda na sua campanha para arrecadar dinheiro e alimentos para se manter juntamente com a sua família. É que o ator e humorista Lucas Veloso, além do lutador de MMA, Antônio Pezão, abraçaram a causa e seguem batalhando para ajudar Ninão enquanto ele não consegue voltar ao trabalho.

Com 2,37m de altura e pesando 200 quilos, a cama do hospital ficou pequena para Joelison Fernandes. Foi preciso improvisar duas camas no para caber o gigante. Sem poder trabalhar fazendo propaganda, ele agora clama por ajuda financeira. Com 35 anos, o paraibano começou a fazer sucesso ao participar dos programas do Silvio Santos e Celso Portiolli, ambos no SBT. Ele já foi considerada a pessoa mais alta do Brasil em uma competição realizada pelo apresentador Portiolli.


pbagora
FocandoaNoticia 

Morre o ator Caio Junqueira, uma semana após acidente de carro no Aterro



O ator Caio Junqueira morreu nesta quarta-feira, aos 42 anos, após ser vítima de um acidente de carro no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio, na semana passada. O intérprete do policial Neto do filme “Tropa de elite” (2007) foi levado para o Hospital Miguel Couto. A Secretaria de Saúde do Rio confirmou o falecimento.

Na quarta-feira passada, dia 16, Caio, de 42 anos, dirigia sozinho pelo Aterro do Flamengo, em direção ao Centro da cidade, quando perdeu o controle do carro, que subiu o meio-fio, bateu numa árvore e capotou. Com duas fraturas expostas, seria operado hoje, mas os médicos decidiram esperar um pouco.

Caio era filho do ator Fábio Junqueira (1956/2008) e irmão de Jonas Torres, conhecido como o Bacana da série “Armação ilimitada” (1985/1988). Aos 9 anos, Caio deu os primeiros passos na carreira artística na série “Tamanho família” (1985/1986), da extinta Rede Manchete.

O gosto pela profissão revelado na infância se consolidou na adolescência quando o ator estreou na Globo, em 1990. Neste ano, emendou dois trabalhos na emissora: a minissérie “Desejo” e a novela “Barriga de aluguel”. Quatro anos depois, fez sua segunda novela, “A viagem”, seguida pelas séries “Engraçadinha” (1995), “Hilda Furacão” (1998) e “Chiquinha Gonzaga” (1999).

Na década seguinte, Caio também fez vários trabalhos na Globo, entre eles a novela “O clone” (2001) e a minissérie “Um só coração” (2004). Um ano depois, o ator fez o remake de “Escrava Isaura”, na Record TV, onde protagonizou “Ribeirão do tempo” (2010) e atuou em obras bíblicas como “José do Egito” (2013) e “Milagres de Jesus” (2014).

O cinema também ocupou espaço de destaque na trajetória profissional de Caio. O ator atuou em grandes sucessos nacionais, entre eles “O que é isso companheiro” (1997), “Central do Brasil” (1998), “Abril despedaçado” (2001), “Zuzu Angel” (2006) e “Tropa de elite” (2007). As peças de teatro “Os justos” (2005) e “Hamlet” (2008) também estão no currículo de Caio.

Foto: Gustavo Stephan / O Globo

O Globo

22 de janeiro de 2019

Candidato A prefeito Da Cidade De Passa e Fica-RN Celu Lisboa Realizou Caminhada no Bairro Bela Vista

A caminhadas do vermelho invadiu as rua do bairro da Bela Vista na última noite desta segunda Feira(21),O candidato também a prefeitura e demais vereadores juntos de centenas de pessoas acompanharam a caminhanda do candidato a prefeito de Passa e Fica Celu Lisboa onde conversou com cada um eleitores e mostrou as sua proposto ao povo do bairro .

Veja Algumas Imagens Abaixo







Quando o povo quer, ninguém pode dar jeito!

Mais uma vez convidamos o povo para caminhar ao lado de Celú e Lurdinha pelas ruas da cidade.

Ontem, pelo Bairro Bela Vista.

E o povo, que nunca falhou com Celú, atendeu ao pedido e fez uma verdadeira FESTA.

Como é bom ver esse povo feliz! O povo pede, o povo clama! Passa e Fica não pode parar!!!

Muito obrigado mais uma vez, meus queridos amigos.

#CaminhadaDaVerdade
#ObrigadoBelaVista
#QuandoOPovoQuerNinguémPodeDarJeito
#ÉCelúQueVairSerNossoPrefeito
#Vote40

Imagens Via rede social Do Candidato Celu Lisboa

Comício Da Candidata A Prefeitura De Passa e Fica Reúne Centenas De pessoas Na Comunidade Do Fernando Da Pista-RN


Neste domingo (20) a chapa da oposição que tem a candidata a prefeita Cibele Fonseca e o vice Edson Cazuza mobilizaram a cidade de Passa e Fica, desta vez, os eleitores marcaram presença em massa na comunidade do Fernando da Pista. O evento contou com a presença do líder político do município, Everaldo Bezerra, do deputado estadual eleito, Kleber Rodrigues, prefeito de Monte Alegre, Severino Rodrigues, vereadores e lideranças políticas e comunitárias do município de Passa e Fica. Foio primeiro comício da oposição que agitou totalmente o grupo dos pipocas.


Obrigada, Fernando da Pista!
Obrigada, Passa e Fica!


Nosso Comício de Abertura, foi um verdadeiro palanque de propostas, contamos com o apoio das lideranças do nosso município e também do nosso Deputado Kleber Rodrigues. Agradeço a todos que se fizeram presente.

Vamos juntos rumo a vitória!
Palavras da futura prefeita










Do Blog Williams Rocha

Disputa na eleição suplementar em Passa e Fica promete ser voto a voto em 3 de fevereiro

Por Blog Os amigos Da Onça


A eleição suplementar em Passa e Fica, no Agreste potiguar promete ser bastante acirrada no próximo dia 3 de fevereiro. A cassação do prefeito Léo Lisboa, que venceu o pleito de 2016 com apenas 3% de diferença já mostrou acirramento nas urnas. Desta vez, a família Lisboa que comanda a cidade há mais de duas décadas lançou o nome do ex-prefeito Celú Lisboa, sobrinho do ex-prefeito Pepeu Lisboa, que administrou a cidade por várias vezes.

Até 2012, o ex-prefeito Pepeu Lisboa conseguiu vencer com 70% dos votos locais, mantendo a margem com alta maioria. Mas, em 2016, novos nomes andaram surgindo e o desgastes do poder fez a família Lisboa perder espaços. Pepeu lançou outro sobrinho, o prefeito cassado Léo Lisboa e a oposição conseguiu 48,44% dos votos, baixando a maioria para 244 votos.

Em 2018, a família Lisboa não conseguiu derrotar a governadora Fátima Bezerra (PT) em Passa e Fica. Ela venceu nos dois turnos e abriu 309 votos de maioria sobre o ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT), na cidade. Na região Agreste, outros líderes conseguiram derrotar Fátima como o prefeito João Gomes em Brejinho, o prefeito Fernando Teixeira em Espírito Santo, o prefeito Jailton Félix em Monte das Gameleiras e o prefeito Tota Fagundes em Passagem, todos da região.

Nome novo, a professora Cibelly Fonseca foi lançada pela primeira vez na disputa. O vereador Edson Cazuza é o companheiro de chapa. Já o ex-prefeito Celú Lisboa terá Lurdinha de Mariá, que ficou na suplência para a Câmara Municipal.

Com popularidade em alta no Agreste Potiguar, a governadora Fátima Bezerra já tomou partido pela professora Cibelly Fonseca e agenda data para participar da campanha. Até o dia 3 de fevereiro, a campanha vai se intensificando nas ruas e comunidades rurais. Passa e Fica tem hoje mais de 8 mil eleitores aptos as urnas.

https://www.osamigosdaonca.com.br/disputa-na-eleicao-suplementar-em-passa-e-fica-promete-ser-voto-a-voto-em-3-de-fevereiro/